enquanto  voltava para casa em modo cruzeiro a pedalar com mais prazer que outra coisa um peão atravessou a estrada á minha frente. corria para apanhar o autocarro.

lembrei-me, por ocasião deste quase embate, do que se concretizou. 6ºano e as minhas aulas de educação física eram passadas a fazer o que nos dava na real gana. colégios privados por vezes trazem algumas benesses. os rapazes iam para o campo pelado jogar futebol. nós as 4 meninas andavamos de patins. colégio acima e abaixo. escadas incluídas. capacetes, joelheiras, seguros? que era isso? depois haviam os dias de chuva.

nesses iamos para o pavilhão. foi lá que me sentei com o leandro e toquei numa guitarra a primeira vez. bolas, o leandro, loirinho e olhos claros e a sua guitarra era um tipo fixe. e eu nessa altura tinha lata para tudo. sentada na bancada de patins nos pés a passar os dedos pelas cordas.

mas era a patinar que eu estava bem e não me apetecia partilhar bancadas com tipos queques com atestados. eu andava de patins e por alguma razão todos faziam de conta que jogavam basquetebol. eramos miúdos capazes de tudo. o miguel andava numa bicicleta. e eu e ele achavamos que erámos tão fixes que nem precisavamos de ver.

o embate estrondoso provou que estávamos errados. mas esse ano não deixou de ser o melhor deles todos.

One thought on “

comentários aos molhos

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s