um cliché

mas deixei o meu coração em berlim. a razão do meu silêncio durante todo este tempo já que adorei a cidade?

a minha máquina também lá ficou. ela e todas as fotos que tinha da cidade. e sempre que penso em escrever qualquer coisas da cidade penso naquela foto ou mesmo naquela outra e fico desoladinha.

e dinheiro para comprar uma nova? nenhum. ando aqui nua sem uma máquina.

ando a apelar aos trocos do pessoal para me ajudar que isto aqui é o diabo. já em selecção do recheio do quarto para vender coisas outra vez. a sério.

para juntar á festa mudei de departamento e lá tive que investir na roupinha de trabalho. bastards.

por isso, caso estejam com o paypal com uns trocos e não sabem o que lhes fazer pamordedeus estejam á vontade!! se precisarem de alguma coisa que eu possa orientar porque só existe aqui na ilha, na boa!! (o botão donate do paypal está ali pra ser usado)

mas mesmo que berlim me tenha ficado com a máquina á força não consigo deixar de gostar dela.

vou só ali sofrer mais um bocadinho e volto daqui a pouco com as impressões da cidade. por escrito. sem imagens. snif

2 thoughts on “um cliché

    • sophia says:

      eu acabo sempre por dar a importância ás cidades das relações que lá tenho. berlim é uma cidade feliz porque reencontrei um amigo. mesmo que tenha ficado com a menina.

comentários aos molhos

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s