o que? já acabou? ohhh

pois. é isso. já acabou. e vou partilhar a coisa para que tenham peninha de mim. a consoada foi corrida a noodles. sozinha. sem ninguém por perto. nem á distância do telemóvel. fechei a janela e deixei a ideia escapar-me.

e só sei que é natal porque no dia seguinte fui explorar a cidade com companhia de fora e tudo estava fechado e ainda paguei 8 libras por taxa de serviço. ahh é natal. olhem meus amores. é um dia. muitos presentes? porreiro. não recebi nenhum. dizem que andam coisas pelos correios.

não fez a mais pequena diferença. a verdade é que me soube bem estar liberta de ter que forçar a epóca. nunca a celebrei com a minha família e por isso não me fez falta. soube-me bem não ter uma consoada de silêncio, ódio e arrependimento. soube bem que fosse só mais um dia. pela primeira vez, depois de 26 anos, estive calma e sem sentir o meu coração afundar-se de tristeza. senti falta da doçaria de natal. sim. sem dúvida. daqui a uns dias temos novamente essa questão do ano novo. e depois acaba tudo. regressamos aos dias como sempre são.

desejei happy holidays a estranhos, boa matança do porco a amigos. no fundo o que me importa é que quem eu trago no coração, essa gente, está lá nos outros dias todos.

o natal foi mesmo só para mim.

 

comentários aos molhos

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s