noites brancas V

não precisa racicionar, só tem de sofrer, sempre da mesma forma, nunca menos, numa mais, sem qualquer esperança de uma pausa, sem qualquer esperança de morte, é muito simples. não é preciso racicionar, para não se ter esperança. venha pois a monotonia, é mais estimulante.

noites brancas de fiódor dostoiesky, tradução de filipe e nina guerra

comentários aos molhos

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s