wishlist

The machine had been invented a few years ago: a machine that could tell, from just a sample of your blood, how you were going to die. It didn’t give you the date and it didn’t give you specifics. It just spat out a sliver of paper upon which were printed, in careful block letters, the words DROWNED or CANCER or OLD AGE or CHOKED ON A HANDFUL OF POPCORN. It let people know how they were going to die.

4 thoughts on “wishlist

  1. carol says:

    Deve ser assustador saber como se morre e não saber quando. Se bem que saber quando piorava um bocadinho mais a coisa… nem sempre a ignorância é má! É que à partida já toda a gente sabe que morre, ao menos que não se pense muito no assunto….

    • sophia says:

      podemos viver uma vida inteira com medo da morte. ou então colocar isso de lado. afinal já muito de nós escolhem saber quando morrem e como. são as escolhas de todos os dias. e depois há aqueles que o que importa é cada dia. a morte não existe até ao dia em que chegar.

comentários aos molhos

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s