dormir, viver. existir sei lá.

Às vezes tenho a sensação de que enquanto não formos todos iguais há gente que não dorme sossegada.

lisabel

3 thoughts on “dormir, viver. existir sei lá.

  1. Bruno says:

    Pois… eu também acho. Mas por vezes gostaria de ter saído duma dessas fábricas de estereótipos. Sei lá, seria mais fácil. É como preferir ser ignorante: a probabilidade de se ser mais feliz é muito maior.
    Por isso, até podemos concluir que essas pessoas que tem comichão quando existe alguém diferente só querem que os outros sejam felizes. Ou então só estou para aqui a dizer asneiras… lol

    • sophia says:

      felizes os pobres de espírito porque deles é o reino dos céus. frase a roçar no biblíco. mas apesar de tudo, dou preferência ao inferno. à inadaptação. à diferença. e estou mais em crer que a essas pessoas move a incapacidade de lidar com a diferença dos outros. que isso da felicidade alheia é coisa que falha muito.

      • Bruno says:

        Eu não dou mais valor a uma coisa ou a outra, o que vale é a atitude perante os outros e perante nós próprios. Mas o que é ser diferente ou ser igual?
        A sociedade não tem tendência para mudar perante os indivíduos ditos “diferentes”. Nem é suposto o indivíduo moldar-se à sociedade e ao que ela espera dele. A única solução é saber mediar duas coisas que podem não ser compatíveis. E é o indivíduo que deve criar esse elo entre a sociedade que o vê de forma diferente e ele próprio.

        Basicamente, estou a cagar-me para o que os outros pensam de mim. Este foi o elo que criei.

comentários aos molhos

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s