now imagine the whole band

pois parece que já que sou a única prima sem filhos devo receber o “folar” dos meninos. ahh pois é. receber folar em geral. afinal não estou casada. joy. pena mesmo é que se confirma que a roupa do meu sobrinho e futuramente afilhado é coisa que me amarfalha o espírito.

o preço então…ia tendo várias coisas muuuuito más mesmo quando me foi comunicado via telemóvel o valor. não caí da janela abaixo porque não calhou. *caralho*

ponto dois da questão… não obstante já ter um fato à homenzinho o menino pode sujar-se. e pode precisar de roupa. e a madrinha é que têm que comprar a roupa toda desse dia. por isso menina, alomba mais um bocado, risca mais um bocadinho esse cartão que precisava era de ser enfiado numa gaveta e olha para o extracto bancário em horror.

menos mal, roupinha versão mais que cute. casual chic uber básico como se quer em qualquer tipo super cool. tudo a partir desta tshirt.

e esta tshirt repetida para um menino bem grande mas que se enfia em tamanhos bem miúdos foi o que despoletou todo um domingo de páscoa absurdo.

nunca gastei tanto dinheiro em tão pouco tempo com excepção dos meus brinquedos. óbvio. uma quantia parva em roupa de criança e em brinquedos. fui conhecer o guilherme. bati com a cabeça na parede por ter que ir no domingo de manhã às compras.

abençoadas pessoas pascais. o shopping estava às mosquinhas. fiz compras em lojas arrumadas. bliss. resolvi o dilema de o que vestir enquanto madrinha. entrei, experimentei, meti olhos aos acessórios e pronto menina. está feito. à espera do dia da cerimónia. thank god.

em preview mode do que será um dia completamente infernal. juntaram-se em casa do meu padrinho o guilherme, o tiago, o luís, o manuel, o zé manel e a…(qualquer coisa, não era da família, vareu-se da memória). seis miúdos com idades compreendidas entre os 3 meses e os 9 anos. pequena amostra de um batizado de dois miúdos e aniversário de um deles também. que merdinha. que foi que deu à minha família para começar a ter estas convulsões mitóticas? oh meus amigos. não havia necessidade.

pois que estive com bebés ao colo (eu adoro os meus sobrinhos e ando com eles ao colo na boa…longe de olhares que normalmente se juntam a comentários “e então quando é que arranjas um teu?” newsflash: já tenho meus. são MEUS sobrinhos. sim?), pois que brinquei e recebi os comentários inapropriados. bla bla bla

depois admiro-me de sonhar que estou grávida e só conseguir pensar “oh que caralho tenho que ir resolver isto”

estou financeiramente arruinada e ainda me faltam os sapatos. estou a contar com um dia infernal. de perder vezes sem conta a paciência para os comentários. vendi-me à tshirt porque o *now imagine the whole band* das costas só me remete para a sinfonia que será demasiados putos todos aos berros. a alegria da parentalidade.

oh mas que lixe. tenho os sobrinhos mais giros ever. e não admito discussões.

comentários aos molhos

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s