acordo.

acordo todos os dias com discursos completos e complexos cheios de ruminações, desilusões e pretensões. acusações pouco camufladas e muita vontade de ser impulsiva e mandar tudo para a merda. ser aquilo que sempre fui. porque parece que eu consigo mudar mas nem todos estão disponíveis para essa mudança, evolução, melhoria talvez. e todos os dias me sinto uma menina a pedir atenção. olha que grande merda. parece que gostar de alguém nos torna fracos. eu sei disso e deixo-me sempre arrastar. agora que me sinto arrastar para a faceta mais negativa e doentia do meu ser também sei que ou sacudo as coisas ou volto ao mesmo. acima de tudo sinto-me parva porque tenho que falar com os dedos porque a boca, essa, é fechada por força das circunstâncias.

4 thoughts on “acordo.

    • sophia says:

      não queiras. que a sensação que me apertou durante tanto tempo até conseguir escrever isto foi penalizante. roubou-me a mim mesma o eu que eu conhecia. mas se servir para te libertar então escreve. escreve.

      **

    • sophia says:

      estes males parece que por todas as voltas que demos acabam por se repetir. em nós. nos outros. um ciclo que estamos condenados a percorrer. felizmente podemos sempre partilha-lo.
      o clássico ‘sou uma infeliz mas que se foda. há mais como eu’.

comentários aos molhos

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s